Assessoria Jurídica

*SERVIÇOS JURÍDICOS
Por razões regulamentares, em Portugal, os serviços jurídicos só podem ser prestados por firmas de advocacia ou por praticantes únicos regulamentados pela ordem dos advogados, e não podem existir práticas multidisciplinares. Além de ser impedido de prestação de serviços “em associação ou integração ” com não-advogados, uma prática da lei deve respeitar as restrições severas em matéria de marketing, publicidade e a originação do cliente. Como tal, a “Abrir Portugal” refere potenciais clientes para serviços jurídicos a práticas de direito autorizado, sem, no entanto, anunciar tais práticas de lei.